sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar
Pôr do Sol, postal, mais ninguém
Peço tanto a Deus
Para esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus
Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais
É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Sinto absoluto o dom de existir, não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina
É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você

AMOR PLATÔNICO - LEGIÃO URBANA

Eu sou apenas alguém
ou até mesmo ninguém
talvez alguém invisível
que a admira a distância
sem a menor esperança
de um dia tornar-me visível e você?
Você é o motivo do meu amanhecer
e a minha angústia ao anoitecer
você é o brinquedo caro e eu a criança pobre
o menino solitário que quer ter o que não pode
dono de um amor sublime
mas culpado por querê-la
como quem a olha na vitrine, mas jamais poderá te-lá
eu sei de todas as suas tristezas e alegrias mas você nada sabes
nem da minha fraqueza nem da minha covardia nem sequer que eu existo
e como um filme banal entre o figurante e a atriz principal
meu papel era irrelevante para contracenar no final .

Sempre...


... Longe daqui

Longe de tudo

Meus sonhos vão te buscar


Volta pra mim

Vem pro meu mundo

Eu sempre vou te esperar ...

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Curiosidades

Se você ficar gritando por 8 anos, 7 meses e cinco dias, terá produzido energia sonora suficiente para aquecer uma xícara de café.
(Não parece valer a pena.)

Se você tomar luftal constantemente durante 6 anos e 9 meses, terá produzido gás suficiente para criar a energia de uma bomba atômica.
(Agora sim!)

O coração humano produz pressão suficiente para jorrar o sangue para fora do corpo a uma distância de 10 metros .
(Uau!)

O orgasmo de um porco dura 30 minutos.Isso mesmo, 30 minutos
(Na minha próxima vida, quero ser um porco!)

Uma barata pode sobreviver 9 dias sem sua cabeça até morrer de fome.
(Ainda não consegui esquecer o porco)

Bater a sua cabeça contra a parede continuamente gasta em média 150 calorias por hora.
(Não tente isso em casa; talvez no trabalho!)

O louva-deus macho não pode copular enquanto a sua cabeça estiver conectada ao corpo. A fêmea inicia o ato sexual arrancando-lhe a cabeça.
('Querida, cheguei! O que é is.....') O porco não esqueci.

A pulga pode pular até 350 vezes o comprimento do próprio corpo. É como se um homem pulasse a distância de um campo de futebol.
(Trinta minutos...que porco sortudo! Dá pra imaginar?)

O bagre tem mais de 27 000 papilas gustativas.
(O que é que pode haver de tão saboroso no fundo de um rio?)

Alguns leões se acasalam até 50 vezes em um dia.
(Ainda prefiro ser um porco na minha próxima vida...qualidade é melhor que quantidade!)

As borboletas sentem o gosto com os pés.
(Isso eu sempre quis saber)

O músculo mais forte do corpo é a língua.
(Hmmmmmmmm.. .)

Pessoas destras vivem em média 9 anos mais do que as canhotas.
(E se a pessoa for ambidestra?)

Elefantes são os únicos animais que não conseguem pular.
(E é melhor que seja assim!)

A urina dos gatos brilha quando exposta à luz negra.
(E alguém foi pago para descobrir isso?!)

O olho de um avestruz é maior do que o seu cérebro.
(Conheço gente assim)

Estrelas-do- mar não têm cérebros..
(Conheço gente assim também)

Ursos polares são canhotos.
(Se eles começarem a usar o outro lado, viverão mais)

Seres humanos e golfinhos são as únicas espécies que fazem sexo por prazer.
(E aquele porco???)

Só observando.

O padre de uma igreja decidiu observar as pessoas que entravam para orar.
A porta se abriu e um homem de camisa esfarrapada adentrou pelo corredor central.
O homem se ajoelhou, inclinou a cabeça, levantou-se e foi embora.
Nos dias seguintes, sempre ao meio-dia, a mesma cena se repetia.
Cada vez que se ajoelhava por alguns instantes, deixava de lado uma marmita.
A curiosidade do padre crescia e também o receio de que fosse um assaltante,então decidiu aproximar-se e perguntar o que fazia ali.
O velho homem disse que trabalhava numa fábrica, num outro bairro da cidade e que se chamava Jim. Disse que o almoço havia sido há meia hora atrás e que reservava o temporestante para orar, que ficava apenas alguns momentos porque a fábrica era longe dali.
E disse a oração que fazia:'
Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sidodesde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados.
Não sei bem como devo orar, mas eu penso em você todos os dias..
Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando.'
O padre, um tanto aturdido, disse que ele seria sempre bem-vindo e que viesse a igreja sempre que desejasse.' hora de ir' - disse Jim sorrindo.
Agradeceu e dirigiu-se apressadamente para a porta.
O padre ajoelhou-se diante do altar, de um modo como nunca havia feito antes
Teve então, um lindo encontro com Jesus. Enquanto lágrimas escorriam por seu rosto, ele repetiu a oração do velho homem...'Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sidodesde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados.
Não sei bem como devo orar mas penso em você todos os dias..Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando.'

Certo dia, o padre notou que Jim não havia aparecido.
Percebendo que sua ausência se estendeu pelos dias seguintes, começou aficar preocupado. Foi a fábrica perguntar por ele e descobriu que estava enfermo.
Durante a semana em que Jim esteve no hospital, a rotina da enfermaria mudou
Sua alegria era contagiante.
A chefe das enfermeiras, contudo, não conseguia entender porque um homem tão simpático como Jim não recebia flores, telefonemas, cartões de amigos, parentes.... Nada!
Ao encontrá-lo, o padre colocou-se ao lado de sua cama.
Foi quando Jim ouviu o comentário da enfermeira:
- Nenhum amigo veio pra mostrar que se importa com ele.
Ele não deve ter ninguém com quem contar!!
Parecendo surpreso, o velho virou-separa o padre e disse com um largo sorriso:
- A enfermeira está enganada, ela não sabe, mas desde que estou aqui, sempre ao meio-dia ELE VEM! Um querido amigo meu, que se senta bem junto a mim, Ele segura minha mão, inclina-se em minha direção e diz:' Eu vim só pra lhe dizer quão feliz eu sou desde que nos tornamos amigos. Gosto de ouvir sua oração e penso em você todos os dias. Agora sou eu quem o está observando... e cuidando!

'Jesus disse: 'Se vós tendes vergonha de mim, também me envergonharei de vós diante do meu Pai.'

Amigo.

Um dia, quando eu era calouro na escola, vi um garoto de minha sala caminhando para casa depois da aula. Seu nome era Kyle.Parecia que ele estava carregando todos os seus livros. Eu pensei:'Por que alguém iria levar para casa todos os seus livros numa Sexta-Feira?Ele deve ser mesmo um C.D.F'!O meu final de semana estava planejado (festas e um jogo de futebol com meus amigos Sábado à tarde), então dei de ombros e segui o meu caminho. Conforme ia caminhando, vi um grupo de garotos correndo em direção a Kyle.Eles o atropelaram, arrancando todos os livros de seus braços, empurrando-o de forma que ele caiu no chão.Seus óculos voaram e eu os vi aterrissarem na grama há alguns metros de onde ele estava. Kyle ergueu o rosto e eu vi uma terrível tristeza em seus olhos.Meu coração penalizou-se! Corri até o colega, enquanto ele engatinhava procurando por seus óculos.Pude ver uma lágrima em seus olhos. Enquanto eu lhe entregava os óculos, disse: 'Aqueles caras são uns idiotas! Eles realmente deviam arrumar uma vida própria'. Kyle olhou-me nos olhos e disse: 'Hei, obrigado'! Havia um grande sorriso em sua face. Era um daqueles sorrisos que realmente mostram gratidão. Eu o ajudei a apanhar seus livros e perguntei onde ele morava.Por coincidência ele morava perto da minha casa, mas não havíamos nos visto antes, porque ele freqüentava uma escola particular. Conversamos por todo o caminho de volta para casa e eu carreguei seus livros. Ele se revelou um garoto bem legal.Perguntei se ele queria jogar futebol no Sábado comigo e meus amigos. Ele disse que sim. Ficamos juntos por todo o final de semana e quanto mais eu conhecia Kyle, mais gostava dele.Meus amigos pensavam da mesma forma.Chegou a Segunda-Feira e lá estava o Kyle com aquela quantidade imensa de livros outra vez! Eu o parei e disse: 'Diabos, rapaz, você vai ficar realmente musculoso carregando essa pilha de livros assim todos os dias!'.Ele simplesmente riu e me entregou metade dos livros. Nos quatro anos seguintes, Kyle e eu nos tornamos mais amigos, mais unidos. Quando estávamos nos formando começamos a pensar em Faculdade.Kyle decidiu ir para Georgetown e eu para a Duke. Eu sabia que seríamos sempre amigos, que a distância nunca seria problema. Ele seria médico e eu ia tentar uma bolsa escolar no time de futebol. Kyle era o orador oficial de nossa turma. Eu o provocava o tempo todo sobre ele ser um C..D.F. Ele teve que preparar um discurso de formatura e eu estava super contente por não ser eu quem deveria subir no palanque e discursar. No dia da Formatura Kyle estava ótimo. Era um daqueles caras que realmente se encontram durante a escola. Estava mais encorpado e realmente tinha uma boa aparência, mesmo usando óculos.Ele saía com mais garotas do que eu e todas as meninas o adoravam! Às vezes eu até ficava com inveja.Hoje era um daqueles dias. Eu podia ver o quanto ele estava nervoso sobre o discurso. Então, dei-lhe um tapinha nas costas e disse: 'Ei, garotão, você vai se sair bem!' Ele olhou para mim com aquele olhar de gratidão, sorriu e disse:-'Valeu'! Quando ele subiu no oratório, limpou a garganta e começou o discurso: 'A Formatura é uma época para agradecermos àqueles que nos ajudaram durante estes anos duros. Seus pais, professores, irmãos, talvez até um treinador, mas principalmente aos seus amigos. Eu estou aqui para lhes dizer que ser um amigo para alguém, é o melhor presente que você pode lhes dar.Vou contar-lhes uma história:' Eu olhei para o meu amigo sem conseguir acreditar enquanto ele contava a história sobre o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele havia planejado se matar naquele final de semana! Contou a todos como havia esvaziado seu armário na escola, para que sua Mãe não tivesse que fazer isso depois que ele morresse e estava levando todas as suas coisas para casa.Ele olhou diretamente nos meus olhos e deu um pequeno sorriso. 'Felizmente, meu amigo me salvou de fazer algo inominável!' Eu observava o nó na garganta de todos na platéia enquanto aquele rapaz popular e bonito contava a todos sobre aquele seu momento de fraqueza. Vi sua mãe e seu pai olhando para mim e sorrindo com a mesma gratidão. Até aquele momento eu jamais havia me dado conta da profundidade do sorriso que ele me deu naquele dia.Nunca subestime o poder de suas ações. Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior. Deus nos coloca na vida dos outros para que tenhamos um impacto, uns sobre o outro de alguma forma.PROCURE O BEM NOS OUTROS!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Ciclos

A adolescência é o carnaval da vida. A quarta-feira de cinzas, a passagem para a “adultice”, quando a gente sente uma dorzinha no coração porque a folia acabou, mas estamos cansadas e sem energia pra continuar na bagunça. Ao mesmo tempo, dá aquele frio na barriga saber que amanhã, um novo ciclo de rotina e batalha começa.

O valor das regras a gente só entende depois de tentar, por anos, romper com elas.
Fazemos tudo ao contrário, como que para testar se realmente o “careta” faz sentido.
Depois a gente percebe que provavelmente as regras sociais foram construídas depois de anos que a própria sociedade testou outras maneiras de viver.
Após muitas tentativa e erro chegou ao formato agora instituído.
Talvez porque assim dê mesmo mais certo do que de outros jeitos.
A verdade é que a gente vai ficando mais conservadora com o tempo, e ser careta começa a fazer sentido. De repente a gente se vê valorizando coisas que antes negávamos porque encarávamos como “coisa de pai, de velho”. Mas, um dia, nos pegamos repetindo as atitudes e valores pregados por nossos pais. E passamos a enxergar o “velho” como “maduro”.

Depois de muito bater a cabeça, vejo vários amigos ficando mais “certinhos”, se encaixando no status. Gente que já pirou bastante, que já fez muita “besteira”, tendo uma vida super regrada. Amigos que enchiam a cara hoje negando uma latinha de cerveja.
Amigos antes superbaladeiros, que viviam trocando o dia pela noite, hoje negando uma boa balada para acordar cedo. Amigas que torravam no sol do meio dia, se enchendo de filtro solar, debaixo do guarda-sol, quase irreconhecíveis com óculos e boné. Outras que chegavam a ir para a mesma cidade que moram os pais num feriado e nem entrar em contato com eles porque preferiu ficar num ap alugado curtindo com a turma de amigos, nesse carnaval deixou de ir pra avenida pra visitar os pais que moram longe.

Eu chego a sentir uma certa estranheza de ver tudo diferente. Mas, também percebo que a mudança não foi à toa. Nem repentina, apesar de parecer. E não se pode dizer que a vida vai ficando mais chata e mais medíocre depois de adulto. Porque chato é aquilo que nos desagrada. E, em cada fase, a gente muda de motivação, e coisas antes desagradáveis passam a se tornar superprazerosas.
Se num período da vida a família é sinônimo de opressão, em outro é o mesmo que acolhimento e amor. Se num momento casar-se era o mesmo que perder as baladas de solteiro, de repente passa a significar ganhar uma vida muito mais rica. Se crianças já foram um dia vistas como “pentelhas”, hoje são pura alegria. Se ficar em casa já foi encarado como tédio, hoje pode ser paz.

É esse dinamismo da vida que nos equilibra. Mas a gente só entende isso depois de passar por várias fases, e pensar que cada uma delas vai durar pra sempre.
Até que chega-se à conclusão de que pós-moderno é ser conservador.
Um círculo virtuoso: depois da modernidade, a volta à caretice.

Quem ama

Quem ama não compete com outras pessoas por um amor,
Pois quem entra numa competição entra pra ganhar um troféu,
E depois exibi-lo.
O amor verdadeiro não se exibe para outras pessoas,
Pois o amor verdadeiro é humilde.
Ele não se importa com status nem a aparência,
Ele se contenta com a simplicidade da alma.
Ele sente ciúmes, mas confia,
Porque amar é confiar.
Quem ama de verdade se alegra em ver seu amado feliz,
Mesmo que seja com outra pessoa!
Quem ama de verdade conhece nada mais alem do amor.

Internet.

Nossa como é ruim ficar sem NET, já estava ficando maluca, sem poder postar,
ver e-mail's, orkut, MSN etc...
E com esse meu horário não dá tempo nem de pensar em ligar o Pc lá de casa,
nem cogito essa idéia, mesmo que ontem dei uma olhadinha pois não teve aula!
:D

Mas nem deu pra descansar, essa vida de mulher prendada não dá pra parar,
tive que passar milhares de roupas, e o meu 'broto' chegou e fui para a casa dele,
mas voltei cedo, era umas 22h45min +ou- cheguei e já capotei na cama, acordei com muito sono!
Hoje tem aula :/
To perdida pois segunda tmb não fui! Cagada, mas...

Esse findes foi animado, sexta sai com o meu 'Negresco' cheguei as 05h00min.
Sábado fomos experimentar o vestido e o smoking, para o niver de sábado.
Tive aula no período da tarde, à noite ficamos em casa eu acho! (Não lembro.)
Domingo, aula de manhã e a tarde bebemos desde as 14h00min às 21h00min.

Digamos de passagem que foi 'mui bom'!

^^
San!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

indooo

Lá vou eu pra mais uma aula de Direito Constitucional :)
Qu' canseiraaaaaaaaaaaa!

Bom findes.
Porque o meu vai ser na aula até as 18:00hs
Ô vida cruel! =/ rs!

BjOnes brotos.

Inveja

Hoje eu vi nos olhos das pessoas,
O seu segredo de inveja,
De querer ser o que não é.

Suas vidas são tristes, é certo.
Seus semblantes pesam demasiadamente,
E porque em si não encontram a si mesmas,
É lá no outro que procuraram existir.

Namorando...

Vejo algumas meninas namorando só pra ter um namorado.
Se esforçam pra gostar do cara: saem uma, duas, três vezes, se convencem de que ele é um cara fofo, bacana, inteligente e tudo o que é racionalmente bom.
O único porém é que não gostam dele! Ah, mas isso a gente conserta com o tempo. Será?
Até já vi casos em que, sim, a pessoa foi sendo cativada aos poucos (ou será que ela mentiu tão bem até pra si mesma que todo mundo ao redor acabou acreditando?).
O problema é: como assim você criou uma vaga invisível aí do seu lado para um namorado e aí fica tentando encaixar qualquer um, mesmo que tenha de dar uma empurradinha pra caber? Não deveria ser o contrário: primeiro o cara te pega de jeito, te deixa de quatro e depois você vê como encaixa ele na sua vida?
Tem gente que tem mesmo resistência em se abrir pra alguém.
E aí se força um pouquinho pra tentar se deixar levar.
Mas já vi meninas dizendo “eu preciso beber beber pra conseguir”.
Aí já virou auto-punição. Deus do céu!!!!!
O problema tá em você, que não consegue sentir tesão sem uma dose de álcool (sua alcoólatra!)? Ou tá no fato de vocês definitivamente não terem química?
Seja uma ou a outra coisa, não é nada legal.
Melhor ficar sozinha até descobrir o que realmente te faz feliz.
De repente você descobre que gosta de ser solteira, que namorar não é o seu lance.
E o que tem ter relacionamentos aqui e ali com os caras, sem compromisso?
Encontre o seu próprio jeito de ser feliz.
Vá se testando, mas sem sacrifício, porque ninguém merece.
Nem você, nem o moço.
Ele ainda tá no lucro, afinal, se tá com você é porque gosta (é, eu nunca vi homem se esforçar pra gostar de mulher nenhuma, ao contrário, muitas vezes eles se esforçam é pra não cair nas garras de uma!) e está empenhado em conquistá-la, o que é muito motivador!
Enquanto isso, você está aí perdendo tempo tentando se enganar.
Liberte-se da obrigação de namorar. A meta é sentir-se bem e ser feliz.

Ele te ama?!

Fácil te amar cheirosinha, com hálito de listerine, recém depilada, de unhas feitas,
queimadinha de sol e escova no cabelo, rodeada de amigos, com roupa de marca.
Flores, cafés da manhã surpresa, pegar você de carro na escola, conhecer seus pais:
nada disso é prova de amor. Apenas mimos românticos.

Você só pode ter realmente certeza que o seu namorado te ama depois que ele:
- Já viu você de brochama (pijama de lã daqueles de vovó que broxa qualquer um) em noites frias e ainda assim ficou com tesão.
- Aguenta você na TPM todos os meses sem apelar, resistindo bravamente a entrar na briga.
- Assistiu você histérica, surtando na frente do computador depois de perder um arquivo importante. E ainda teve paciência de ajudá-la a refazer o trabalho!
- Cuidou de você passando mal de bêbada e durante a ressaca do dia seguinte.
- Acordou do seu lado, sem escova, com bafo de bode e cara inchada e ainda soltou um “como você é linda dormindo”.
- Andou de mãos dadas na praia com você exibindo aquele corpinho branco leite de escritório e uns cinco quilos a mais.
-Viu você aos prantos assistindo aquela comédia romântica, e saiu do cinema de mãos dadas com você com nariz de palhaço (vermelho e inchado) e os olhos roxos pós-choro.

Ao atravessar com êxito todos esses obstáculos, esse rapaz tem grandes chances de acompanhá-la na mesa de parto, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza. Mais do que te amar, o cara mostra que tem caráter, é um companheirão. Você merece. Só não vai esquecer de retribuir. Pare já de ser tão cri-cri com os defeitos do moço, e foque no que há de bom. Vai ser feliz, garota!

Cousas 2

Pessoas:
- Silvana
- Paulo
- Paulo H.
- Tiago

Lugares que já morei:
- Casa da Vó Maria
- Casa mãee
- E no coração do tiii♥ hihi

Programas que vejo na TV: (Díficil)
- CSI
- Dr. 90210
- Toma lá da cá

Coisas que você faz todos os dias:
(além do básico, banho, dentes, cabelo)
- espelho
- maquiagem
- estudo

Comidas que gosto:
- macarrão
- camarrão
- strogonoff
- panqueca
- e salada não vivo sem.

Lugares onde gostaria de estar:
- Paris
- Praia
- Em casa :/

3 cousas!

3 coisas muito feias:
- Meninas vulgares.
- Falar palavrão
- e a casca do kiwi

3 coisas lindas:
- pessoas humildes (Eu admiro pq não sou! :/ )
- gente que toca algum instrumento
- e as coisas coloridas!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Ele.

Ele me faz viajar, me desliga do mundo ao redor.
Me faz querer dançar.
Me incentiva a malhar.
Depois que o tenho comigo,
sinto mais vontade de passar horas na academia,
e não me importo de ficar parada no trânsito.
Desde que tenha a sua companhia.
Ele tem tanto o poder de me acalmar,
quanto de me excitar -- dependendo de como me toca.
Com ele, a vida tem trilha sonora.
Cada cena, uma música.
De amor, de lamento, de tristeza, de alegria.
Ele me diz coisas ao pé de ouvido.
Tem uma memória incrível.
Como eu amo o meu i-pod!

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Eu, eles, vida etc...

Nome: Sandy R. Padilha
Idade: 17 Anos
Aniversário: 30 / 12
Cor: Branca
Cabelos: Castanhos
Olhos: Mel
Altura: 1,63
Lendo: O menino do engenho.
Ouvindo: Jorge e Mateus (Acredita?) RS
Freqüentando: O Bonna Panqueca.
Viciada em: Nestéa de pêssego
Vendo: Filmes diversos.
Estudando: Direito Constitucional :)
Escrevendo: Só o Blog agora.
Amando: Português .RS!
Falando com: Tiago e mãe ultimamente.
Exercícios: Só com os neurônios.
Trabalhando: Muito
Odiando: Bolacha (enjoei.) *_*
Balada: El dredon.
Comida: Macarrão
Salada: Alface.
Suco: Maracujá ou Morango com Leite
Lugar: O mar. (Habitat Natural RS!)
Ansiosa: Pra me desligar de tudo.
Mês: Janeiro.
Alguém: Paulo (meu irmão)
Amigo: Tiago (Namorado)
Amiga: Michele (Irmã)
Musica: Legião, Capital, Paralamas, Cazuza, Charllie, Fresno, Amy, Shanay....
TV: Nadaaa, odeio.
Pra dançar: Funk é óbvio.
Pra rir: Bianca.
Pra conversar: Alyne
Pra me cuidar: Gil.
Pra eu cuidar: Jak
Pra rachar: Kaka
Pra falar merda: Jow
Amor: O que eu sinto pelo Paulo.
Medo: De não conseguir.
Uma angústia: Não saber oq fazer.
Um Orgulho: Meu Pai.
Gosta: Dos sorrisos, de gente meiga e humilde.
Não gosta: De gente vulgar, sem amor próprio, sem vergonha na cara.
Característica marcante: A inteligência
Gosta no corpo: Bunda, Pernas, Seios e Barriga.
Não Gosta: Das mãos pequenas.
Roupa: Calça Jeans, blusinha e algo alto no pé.
Presente: O melhor é a minha mãe.
Flores: Naum gosto, mas as orquídeas são bonitas.
Mãe: Um exemplo, de responsabilidade, competência, a mulher mais bonita, mais louca, com quem eu me alugo, e quem me ajuda, e a modéstia em pessoa. RS!
Pai: Caráter e honestidade são as primeiras palavras que me vem na cabeça, o cara mais inteligênte, mais bem-humorado, mais camarada.
Paulo: A pessoa que eu mais amo, que eu mais protejo, quem eu tento cuidar, tento livrar, que eu mais tento exigir, meu tudo, meu Paulinho.♥
Tiago: Meu Brother, meu amigo, meu parceiro, aquele que me cuida, me ouve, me ama, chora comigo, ri junto, faz tanta coisa por mim que as vzs eu não dou valor , mais eu amo muito, quem é capaz de ir no inferno por mim. Eu sei!
Vó Cema: Aquela mulher que é um sarro, que imita tudo e todos, só risada.
Vô Bilau: rs! O cara mais pegador que eu conheço, mais divertido, e mais besteirento concerteza. Vó Maria: A paciência e a serenidade em pessoa, uma das pessoas + simpáticas e compreensivas.

Não é.

Chαmαr αℓguem de feio não te deixα mαis bonito;
Excℓuir umα pessoα não te tornα mαis popuℓαr;
Não são αs mαrcαs que vão te rotuℓαr;
Chingαя αℓguém de goяdo não te emαgяece;
Dizeя que umα pessoα é triste não tяαz feℓicidαde;
Fαℓαr que αℓguém é frαco não te foяtαℓece;
Dizeя que umα pessoα é metidα não te trαz α humiℓdαde;
Falar que αℓguém é insignificαnte não te engяαndece;
Dizer que umα pessoα é fαℓsα não te ℓevα à verdαde;
Dinheiro não compяα feℓicidαde;
Conhecer muitα gente não é o mesmo que ter αmigos;
Ser fαmoso é diferente de ser querido;
Sexy não é o mesmo que vuℓgαr;
Atrαção é difeяente de αmαя.


_____________________________________________________

Lєmbяαnçαs pяα mΐm, são como fotos:
A gєntє guαяdα єm um ℓugaя sєguяo ,
E quαndo quєяєmos vαmos ℓá,
яΐmos, ℓєmbяαmos, choяαmos
є dєpoΐs guαяdαmos tudo dє novo
є sєguΐmos єm fяєntє. . .

Você é ...

Você é os brinquedos que brincou, as gírias que usava, você é os nervos a flor da pele no vestibular, os segredos que guardou, você é sua praia preferida, você é o renascido depois do acidente que escapou, aquele amor atordoado que viveu, a conversa séria que teve um dia com seu pai, você é o que você lembra.
Você é a saudade que sente da sua mãe, o sonho desfeito quase no altar, a infância que você recorda, a dor de não ter dado certo, de não ter falado na hora, você é aquilo que foi amputado
no passado, a emoção de um trecho de livro, a cena de rua que lhe arrancou lágrimas, você é o que você chora.
Você é o abraço inesperado, a força dada para o amigo que precisa, você é o pelo do braço que eriça, a sensibilidade que grita, o carinho que permuta, você é as palavras ditas para ajudar,
os gritos destrancados da garganta, os pedaços que junta, você é o orgasmo, a gargalhada,
o beijo, você é o que você desnuda.
Você é a raiva de não ter alcançado, a impotência de não conseguir mudar, você é o desprezo
pelo o que os outros mentem, o desapontamento, o ódio que tudo isso dá, você é aquele que rema, que cansado não desiste, você é a indignação com o lixo no mundo, a ardência da revolta,a globalização, a matança, você é o que você queima.
Você é aquilo que reinvidica, o que consegue gerar através da sua verdade e da sua luta,
você é os direitos que tem, os deveres que se obriga, você é a estrada por onde corre atrás, serpenteia, atalha, busca, você é o que você pleiteia.
Você não é só o que come e o que veste.
Você é o que você requer, recruta, rabisca, traga, goza e lê.
Você é o que ninguém vê.

Um amigo


Um amigo não racha apenas a gasolina:
racha lembranças, crises de choro, experiências.
Racha a culpa, racha segredos.
Um amigo não empresta apenas dinheiro.
Empresta o verbo, empresta o ombro,
empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta.
Um amigo não recomenda apenas um disco.
Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país.
Um amigo não dá carona apenas pra festa.
Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu.
Um amigo não passa apenas cola.
Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon.
Um amigo não caminha apenas no shopping.
Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado.
Um amigo não segura a barra, apenas.
Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão.

Morre Lentamente..


Morre lentamente


Quem não viaja,

Quem não lê,

Quem não ouve música,

Quem não encontra graça em si mesmo

Morre lentamente

Quem destrói seu amor próprio,

Quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente

Quem se transforma em escravo do hábito

Repetindo todos os dias os mesmos trajeto,

Quem não muda de marca,

Não se arrisca a vestir uma nova cor.

Morre lentamente

Quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções,

Justamente as que resgatam o brilho dos Olhos e os corações aos tropeços.

Morre lentamente

Quem não vira a mesa quando está infeliz

Com o seu trabalho, ou amor,
Quem não arrisca o certo pelo incerto
Para ir atrás de um sonho,
Quem não se permite, pelo menos uma vez na vida,
Fugir dos conselhos sensatos...
Viva hoje !
Arrisque hoje !
Faça hoje !
Não se deixe morrer lentamente !

Mulher.


A todos trato muito bem sou cordial,
educada, quase sensata,
mas nada me dá mais prazer
do que ser persona non grata
expulsa do paraiso uma mulher sem juízo,
que não se comove com nada cruel
e refinada que não merece ir pro céu,
uma vilã de novela mas bela, e até mesmo culta estranha,
com tantos amigos e amada, bem vestida e respeitada
aqui entre nós melhor que ser boazinha é não poder ser imitada.

Vampiros



Eu não acredito em gnomos ou duendes, mas vampiros existem.

Fique ligado, eles podem estar numa sala de bate-papo virtual, em um bar, em uma balada.

Vampiros e vampiras aproximam-se com uma conversa fiada,

pedem seu telefone, ligam no outro dia, convidam para um cinema.

Quando você menos espera, está entregando a eles seu rico pescocinho e mais.

Este "mais" você vai acabar descobrindo o que é com o tempo.

Vampiros tratam você muito bem, têm muita cultura e conhecimento da vida.

Você fica certo que conheceu uma pessoa especial.

Custa a se dar conta de que eles são vampiros, parecem gente.

Até que começam a sugar você.

Sugam todinho o seu amor, sugam sua confiança, sugam sua tolerância,

sugam sua, sugam seu tempo, sugam suas ilusões.

Vampiros deixam você murchinha, chupam até a última gota.

Um belo dia você descobre que nunca recebeu nada em troca,

que amou pelos dois, que foi sempre um ombro amigo,

que sempre esteve à disposição, e sofreu tão solitariamente que hoje se encontra aí,

mais carniça do que carne.

Esta é uma historinha de terror que se repete ano após ano, por séculos.

Relações vampirescas: o morcegão surge com uma carinha de fome e cansaço,

como se não tivesse dormido a noite toda, e vc oferece uma conversa, um abraço.

Aí ele se revitaliza e bate as asinhas.

Acontece em Curitiba, São Paulo, Florianópolis, em todo lugar, não só na Transilvânia.

E ocorre também entre amigos, entre colegas de trabalho, entre familiares,

não só nas relações de amor.

Doe sangue para hospitais.

Dê seu sangue por um projeto de vida, por um sonho.

Mas não doe para aqueles que sempre, sempre,

sempre vão lhe pedir mais e lhe retribuir jamais.

Sentir-se amada.


O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.


Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.


Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas.


Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se. A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também? Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer vinho".

Sentir-se amado é ver que ele lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-lo tentar reconciliar você com sua mãe, é ver como ele fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, vem."

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão.

Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro.

Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido.

Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.

Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.

Novo Cebolarrrrrrr.


Peguei meu celular novinho! Ele muito fofo!
Achei 'um tudo', porque eu estava louca por um celular menos pré-histórico do que o
meu de 2001, mas naum estava nem um pouco disposta a pagar por isso, porque tenho coisas mais importantes para fazer com meu dinheiro (tipo pagar minhas contas!)
Ele é desse modelito fofis não?! Ah eu gosti. (Samsung F250.)

... O que eu planejei fazer / O que eu fiz

... O que eu planejei fazer / O que eu fiz

O que eu planejei fazer:
Eu queria acordar mais cedo.
Ser menos antipática.
Ter mais amigos.
Saber dar mais carinho.
Não ser tão mandona.
Beber mais água.
Deixar o cabelo crescer novamente.
Parar de discutir por: ônibus, fofoca, e pela casa não parar limpa, etc...
Esquecer a mania de elevar a voz com o Tiago. :/
Aprender a dirigir só que agora carro.
Escolher uma profissão.
Fazer faculdade.
Ganhar mais/ trabalhar menos.
Estudar mais.
Voltar a nadar.
Ficar mais tempo com minha mamãe.
Pesar 5 kg a menos.
Crescer mais uns cm.
Dar mais atenção às pessoas.
Dormir mais.


O que eu fiz:
Continuo pedindo não apenas cinco minutinhos, mas meia hora agora!
Ainda não consigo sorrir pra quem não conheço.
Realmente não tenho o tal papo e sendo assim meu ‘rol’ de amigos ainda é o msm.
Quando me lembro dou carinho, se não continuo na minha.
Mandona, orgulhosa e chata, e que fique assim.
Uns 2 l por dia, nada mal.
Estou me controlando pra não cortar, mas é tão bom cabelo curto, tão prático.
As discussões só aumentam, já estão a chutes e socos. É incontrolável!
Os ‘berros’ ainda continuam. :/
Quase apta a tirar minha CNH. Mas só a partir de 30 de December
Marketing, Propaganda e Publicidade.
1° Semestre de 2009, é nóiseee Gema.
MTE. $$
Estou e muito. Até maior que minhas expectativas.
Só se for em poça da água, totalmente sem tempo!
Tentando.
Superei-me.
Não tem jeito que fique 1,63
Cada dia pior.
Hibernando mais que nunca.

San!



Eu sou

Eu sou os livros que leio, os lugares que conheço, as pessoas que amo.

Eu sou as orações que faço, as cartas que recebo, os sonhos que tenho.

Eu sou as decepções por que passei, as pessoas que perdi, as dificuldades que superei.

Eu sou as coisas que descobri, as lições que aprendi, os amigos que encontrei.

Eu sou os pedaços de mim que levaram, e os de alguns que ficaram, as memórias que trago.

Eu sou as cores que gosto, os perfumes que uso, as músicas que ouço.

Eu sou os beijos que dei, sou aquilo que deixei e aquilo que escolhi.

Eu sou cada sorriso que abri, cada lágrima que caiu, cada vez que menti.

Eu sou cada um dos meus erros, cada perdão que não soube dar, cada palavra que calei.

Eu sou cada conquista alcançada, cada emoção controlada, cada laço que criei.

Eu sou cada promessa cumprida, cada calúnia sofrida, a indiferença que se formou.

Eu sou o braço que poucas vzs torceu, a mão q muitas vzs se estendeu, a boca que não se calou.

Eu sou as lembranças que tenho, os objetivos que traço, as mudanças que sofrerei.

Eu sou a infância que tive, sou a fé que carrego e o destino que reinventei."

É triste o fim

(...) Ela disse adeus, e chorou
Já sem nenhum sinal de amor
Ela se vestiu, e se olhou
Sem luxo, mas se perfumou
Lagrimas por ninguém
Só porque, é triste o fim
Outro amor se acabou

Ele quis lhe pedir pra ficar
De nada ia adiantar
Quis lhe prometer melhorar
E quem iria acreditar
Ela não precisa mais de você
Sempre o ultimo à saber.

Eu já...

Já critiquei e depois fiz igualzinho, já me arrependi e não sabia como voltar atrás.
Já se arrependeram e eu não soube esquecer.
Já liguei quando a saudade falou mais alto.
Já chorei qndo o orgulho apertou e ñ consegui falar nada.
Já liguei só para dizer tenho saudade de ti.
Já me acordaram só pra perguntar se estou bem.
Já quis mudar radicalmente, mas ai ouvi 'adoro seu jeito de ser' e desisti.
Já me elogiaram e quando me olhei no espelho me odiei.
Já fiquei sem palavras, mas já falei coisas que nem eu mesma esperava.
Já fingi q esqueci, mas as vzs me pego pensando no passado e me vejo chorando de medo de td acontecer novamente.
Já quis viver a vida com toda intensidade do mundo, mas já quis também só ver a vida passar. Já quis entender as pessoas, mas desisti.
Já quis me entender,mas já desisti também... e vi q o importante é aproveitar!
Já errei, já me decepcionei, já fui enganada, já me iludi, já aprendi, já acertei e fui feliz...
Aliás sou uma pessoa muito feliz!
Tenho td o q quero, sou o q quero ser, faço o q tenho de fazer, amo quem devo amar, namoro com quem eu amo ficar, choro quando tenho que chorar, dou risada nos momentos próprios e impróprios...
Tenho meus sonhos e objetivos na vida, tenho sentimentos bons e ruins no coração, mas deixo com que os bons se sobressaiam. Tenho a leveza de saber aceitar as pessoas...
Valorizo cada carinho que recebo: todos os abraços, beijos, palavras, lealdade, sinceridade, respeito, companheirismo, afeto, cafunés e sorrisos.
Minha família é especial...
Meus amigos são especiais...
E Amo cada um que faz parte do meu mundo!
Todos que me acompanham diariamenteque me aturam, me agüentam.
Pois cada ser é um ser, com suas próprias idéias, convicções, valores e principios.
E é preciso ser imperfeito para que se possa buscar a perfeição

Um outro alguém

Eu não consigo viver desse jeito
Tendo que aceitar seus defeitos
E ainda por cima aceitar outro alguém
Pára com essa conversa fiada
Resolve logo essa parada ainda não estou Querendo ninguém eu quero você na minha vida Pra valer se não quiser, a gente nunca mais se vê Quero só pra mim sem dividir com ninguém se não quiser, eu vou embora tudo bem
Sei que é loucura esperar de você uma resposta agora mas pior loucura é esconder toda a nossa história quem me dera você assumisse de vez a nossa relação não vou esperar não tenho todo esse tempo não ...

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Tds as pessoas...

Todas as pessoas que passam pelas nossas vidas deixam as suas marcas num ir e vir infinito...
As que permanecem ...
É porque simplesmente doaram seus corações para entrar em sintonia com a nossas almas.
As que se vão ...
nos deixam um grande aprendizado....
Não importa que tipo de atitude tiveram,mas com elas aprendemos muito...
Com as vaidosas e orgulhosas aprendemos que devemos ser humildes....
Com as carinhosas e atenciosas aprendemos a ter gratidão....
Com as duras de coração aprendemos a dar o perdão....
Com as pessoas que passam pelas nossas vidas aprendemos também a
Amar e de várias formas
... com amizade, com dedicação, com carinho,com atenção, com atração, com paixão ou com desejo ...
Mas nunca ninguém nos ensinou e nunca aprenderemos como reagir diante da "SAUDADE"
que algumas pessoas deixam em nós...

VIVO(a) OU MORTO(a) - Meu reino por uma pessoa interessante

Não sei mais o que fazer das minhas noites durante a semana.
Em relação aos finais de semana já desisti faz tempo: noites povoadas por pessoas com metade da minha idade e do meu bom senso.
Nada contra adolescentes, muitos deles até são mais interessantes e vividos do que eu, mas tô falando dos de "fabricação em série".
Tô fora de dançar os hits das rádios e ter meu braço ou cabelo puxado por um garoto que fala tipo assim, gata, iradíssimo, tia.
Tinha me decidido a banir a palavra "balada" da minha vida e só sair de casa para jantar, ir ao cinema ou talvez um ou outro barzinho cult, desses que tem aberto aos montes em bequinhos charmosos.
Mas a verdade é que por mais que eu ame minhas amigas, a boa música e um bom filme, sinto falta de um amor.
Já tentei paquerar em cafés e livrarias, não deu muito certo, as pessoas olham sempre pra mim com aquela cara de "tô no meu mundo, fique no seu".
Tentei aquelas festinhas que amigos fazem e que sempre te animam a pensar "se são meus amigos, logo devem ter amigos interessantes".
Infelizmente, essas festinhas são cheias de casais e um ou outro esquisito desesperado pra achar alguém só porque os amigos estão todos acompanhados.
Tô fora de gente desesperada, ainda que eu seja quase uma.
Baladas playbas com garotas prontas para um casamento e rapazes que exibem a chave do Audi, tô mais do que fora.
Baladas playbas com garotas praianas hippie-chique que falam com voz entre o fresco e o nasalado (elas misturam o desejo de ser meigas com o desejo de ser manos com o desejo de ser patos) e rapazes garotos-propaganda Adidas com cabelinho playmobil, também tô fora.
MUNDO IDIOTA.
O que sobra então? Barzinhos de MPB? Nem pensar.
Até gosto da música, mas rapazes que fogem do trânsito para bares abarrotados, bebem discutindo a melhor bunda da firma e depois choram "tristeza não tem fim, felicidade sim"
no ombro do amigo têm grandes chances de ser aquele tipo que se acha superdescolado só porque tirou a gravata e porque fala tudo metade em inglês, ao estilo "quero te levar pra casa, how does it sound?"
Para dançar, os muquifos eletrônicos alternativos são uma maravilha, mas ainda que eu não seja preconceituosa com esse tipo, não estou a fim de beijar bissexuais sebosos, drogados e com brinco pelo corpo todo.
Tô procurando o pai dos meus filhos, não uma transa bizarra.
Minha mais recente descoberta são as baladinhas também alternativas de rock.
Gente mais velha, mais bacana, roupas bacanas, jeito de falar bacana, estilo bacana, papo bacana. Gente tão bacana que se basta e não acha ninguém bacana.
Na praia, quem é interessante além de se isolar acorda cedo, aí fica aquela sensação (verdadeira) de que só os idiotas vão à praia e às baladinhas praianas.
Orkut, MSN, chats. me pergunto onde foi parar a única coisa que realmente importa e é de verdade nesta vida: a tal da química.
Mas então onde, meu Deus? Onde vou encontrar gente interessante? O tempo está passando, meus ex já estão quase todos casados, minhas amigas já estão quase todas pensando no nome do bebê.
E eu? Até quando vou continuar achando todo mundo idiota demais pra mim e me sentindoo mais idiota de todos? Foi então que eu descobri.
Ele está exatamente no mesmo lugar que eu agora, pensando as mesmas coisas, com preguiça de ir nos mesmos lugares furados e ver gente boba, com a mesma dúvida entre arriscar mais uma vez e voltar pra casa vazio ou continuar embaixo do edredom lendo mais algumas páginas do seu mundo perfeito.
A verdade é que as pessoas de verdade estão em casa.
Não é triste pensar que quanto mais interessante uma pessoa é, menor a chance de você
vê-la! andando por aí?

Acabo de te trair...

Acabo de te trair
Em pensamento
Não deixo você ouvir
O que te traz sofrimento
Acabo de me trair
O que é que eu estou dizendo ?
Se é amor tem
Desencontros
Amar também
Um contra o outro
E lutar sempre
Por esse amor
Que morre e reascende
Melhor

Existem provas de amor
Provas de amor apenas
Provas de amor
Não existe o amor
Não existe o amor
Não existe o amor
não existe
O amor

Apenas provas de amor

Acabo de me separar
Sem fazer alarde
Te ligo quando chegar lá
E te escondo a verdade
Nós vamos nos reconciliar
E você nem sabe
Combinamos
Destruir mas
Sempre estamos
Enganados
Vendo-o ressurgir,
É você que eu amo!

Titãs

Intimidade: Prós e Contras.

As pessoas desancam o casamento. Dizem que o amor mingüa, que o sexo começa a rarear,
que a rotina é acachapante. Dizem, dizem, mas as pessoas seguem casando e mantendo-se casadas por quilométricos anos.
Qual é a boa dessa história? Uma jóia chamada intimidade.
Íntimos, muitos acreditam, são duas pessoas que possuem relações físicas e emocionais entre si. É bem mais que isso. Intimidade é você não precisar verbalizar tudo o que pensa, é aceitar a solidão do outro, é estarem familiarizados com o silêncio de cada um.
Intimidade é não precisar estar linda em todos os momentos, não precisar ser coerente em todas as atitudes, é rirem juntos de uma história que só eles conhecem o final.
Intimidade é ler os olhos, os lábios e as mãos de quem está com você.
Mais do que repartir um endereço, é repartir um projeto de vida.
Não basta estar disponível, não basta apoiar decisões, não basta acompanhar no cinema: intimidade é não precisar ser acionado, pois já se está mentalmente a postos.
Intimidade é não ter vergonha de ser o que a gente é, não precisar explicar coisa alguma, ser compreendido e brigar sabendo que nada irá se romper.
Intimidade é não precisar andar na ponta dos pés pelos corredores de uma vida compartilhada.
Muitos mantém-se casados por causa desse idílio que é não precisar se anunciar todo dia como um investimento seguro, podendo inclusive usar aquelas camisetas puídas e comer o "s" de um palavra no plural sem que a sua cotação desabe.
Só há uma coisa ruim na intimidade: a falta que faz um pouco de cerimônia.
Calcinhas penduradas no banheiro, o telefonema sempre na mesma hora da tarde, o arroto que dispensa o pedido de desculpas, o lençol amarfanhado, a TPM todo santo mês, o mesmo perfume, as mesmas reações, o mesmo cardápio. O lado negro de um matrimônio feliz.
O casamento dá uma intimidade rara, apaziguadora, salutar.
Não há máscaras nem teatro: é o habitat natural de um homem e de uma mulher que se querem como são.
A intimidade salva as relações extensas, a não ser quando as corrói. Contradição maquiavélica. O melhor e o pior dos mundos, nos obrigando a escolher entre o habitual e a novidade, entre a paz e a adrenalina, entre a rede e o salto.
Sedução x segurança: que vença o melhor.

Eu gosto tanto.

Deixa, se fosse sempre assim quente
Deita aqui perto de mim
Tem dias que tudo está em paz
E agora os dias são iguais
Se fosse só sentir saudade
Mas tem sempre algo mais
Seja como for
É uma dor que dói no peito
Pode rir agora que estou sozinho
Mas não venha me roubar
Vamos brincar perto da usina
Deixa pra lá, a angra é dos reis
Por que se explicar se não existe perigo?

Senti teu coração perfeito batendo à toa
E isso dói
Seja como for
É uma dor que dói no peito
Pode rir agora que estou sozinho
Mas não venha me roubar
Vai ver que não é nada disso
Vai ver que já não sei quem sou
Vai ver que nunca fui o mesmo
A culpa é toda sua e nunca foi

Mesmo se as estrelas começassem a cair
E a luz queimasse tudo ao redor
E fosse o fim chegando cedo
E você visse o nosso corpo em chamas
Deixa pra lá
Quando as estrelas começarem a cair
Me diz, me diz pra onde é que a gente vai fugir?

Legião Urbana- Angra dos Reis.

Friederich Nietzsche

Creio que aqueles que mais entendem de felicidade
São as borboletas e as bolhas de sabão.

Ver girar essas pequenas almas leves, loucas,
Graciosas e que se movem é o que, de mim, arrancam lágrimas e canções.

Eu só poderia acreditar em um Deus que soubesse dançar.

E quando vi meu demônio, pareceu-me sério, grave, profundo, solene.
Era o espírito da gravidade ele é que faz cair todas as coisas.

Não é com ira, mas com riso que se mata.

Coragem!Vamos matar o espírito da gravidade!

Eu aprendi a andar.

Desde então, passei por mim a correr.

Eu aprendi a voar.

Desde então, não quero que me empurrem para mudar de lugar.

Agora sou leve, agora vôo, agora vejo por baixo de mim mesmo,agora um Deus dança em mim!

Friederich Nietzsche

Sobre o meu Deus.

Não sou ateu.
Acredito em Deus e no meu Anjo da Guarda.
Rezo, para o Deus que sei que está dentro de mim.
Não necessito de templos, nem de cartilhas ou rezas formuladas a serem
repetidas sem pensar no que se está dizendo (como se fosse uma lavagem cerebral).
Acredito em praticar o bem e em nunca prejudicar quem quer que seja.
Acredito na ética, na bondade e na honestidade.
Esta é minha fé.
Sem pastores, padres, ministros a me doutrinar.
Convivi com religiosos de diversas fés e doutrinas.
Li sobre todas as religiões.
Não acredito em dogmas.
Não confio em quem prega o amor a Deus em troca de um dízimo, esmola ou contribuição.
Esta é minha posição pessoal.
Cada um tem direito à sua.

Capricórnio

Êta, mulher séria. Mas mesmo assim, bonita e elegante.
Segura, auto-suficiente, independente, prática e inteligente.
Pode ser admirada pelos homens, da mesma forma que é temida por eles.
Mas tudo bem, ela se interessará somente por pessoas que, como ela, encaram a vida com seriedade.
Procurando levar a vida com regularidade, o que ela mais preza na vida é sua integridade, fazendo o possível para não sair da linha.
Capricórnio é sutil, reservada, tradicional e muito família.
Usa mais a diplomacia que a agressividade quando quer algo.
É provedora, excessivamente trabalhadora, forte e possui imensa determinação e comprometimento com aqueles que ama.
O amor sempre é levado a sério.
Dominadora, orgulhosa, nunca se submete a nada e a ninguém.
Mais sensual que romântica muitas vezes controladora e vingativa.
É questionadora, crítica e controladora.
Forte, dominadora, protetora e, acima de tudo, provedora.
Ninguém ousa desafiar essa forte personalidade.
Observador e de difícil aproximação, Capricórnio despreza a subserviência, a bajulação e o servilismo.
É o tipo que prefere "morrer de pé" do que ceder em seu orgulho ferido.
Fiel, confiável, sério e responsável, este signo tem lá suas pequenas loucuras, que podem se traduzir de diversas formas.
No amor, é um signo controverso.
Sensual, gosta de carinho, mas teme quem se aproxima de repente.
É fiel e constante e não deseja perder o que conquistou, pois demora muito a abrir seu espaço emocional e se fere com muita facilidade quando enganado em seus princípios.
Altamente sexualizado, só consegue se expressar em um ambiente de confiança e amor, desprezando os aspectos frívolos da relação.
Leva tudo à sério e assim espera ser tratado.
O Capricórnio é simples e discreto, mas tem um bom gosto incrível.
E mais ainda : gostam de coisas caras: canetas e relógios de ouro, jóias com pedras enormes e roupas de lojas famosas.
Basta não ser espalhafatoso, falar alto e sair sambando por qualquer coisa, e ficar ao seu lado escutando atendo o que ele tem para dizer e já será um bom caminho andado.
Depois, lentamente, tocar sua mão e indo bem devagar.
Se você correr muito, vai ver o que é uma cabra recuando e se afastando de alguém tão ousado e inoportuno.
Fazer parte do rol de amigos de um Capricórnio, já um grande feito.
Eles escolhem seus amigos a dedo e preferem amigos fortes e que tenham personalidade dinâmica e agressiva.
Faz amizade, com muita facilidade, com pessoas mais velhas, superiores e com alguma autoridade.
Não que sejam interesseiros, mas sempre procuram estar perto de pessoas que têm alguma influência.
Amigos leais, esperam a mesma lealdade, e cobram sua atenção.
Sabem respeitar sua opinião, mas querem que respeite a dele, e fará o possível para convencê-lo de que é muito melhor seguir uma orientação dele, que tem experiência de vida, do que a sua, que é tão imaturo.
Mais que um amigo você vai ter um conselheiro, ponderado, cauteloso e um tanto pessimista, mas que assim o fará realizar melhor seguir uma orientação dele, que tem experiência de vida, do que a sua, que é tão imaturo.
Mais que um amigo você vai ter um conselheiro, ponderado, cauteloso e um tanto pessimista, mas que assim o fará realizar melhor seus projetos.
É a voz da experiência.
Assim como o Grilo Falante, amigo do Pinóquio, ele vai ser seu amigo para toda vida.

As 7 coisas.

7 coisas que faço bem:
- Aconselhar
- Ouvir os outros
- Dançar
- Fazer rir
- Escrever
- Dormir
- Bagunçar

7 coisas que não faço bem:
- Amar
- Ser sincera demais
- Jogar futebol e eu gosto
- Me concentrar
- Desfrutar da minha vida
- Aproveitar o tempo
- E dar mais chances a mim

7 coisas que me atraem no sexo oposto:
- Sorriso ( ah os sorrisos! )
- Olhar
- Humor
- Gestos carinhosos
- Mãos
- Cheiro
- Capacidade de manter uma conversa interessante

7 coisas que digo frequentemente:
- ah?
- Porra!
- O mãeee
- Ui que feia...
- Já vou!
- Que gay
- Morri

terça-feira, 11 de novembro de 2008

A submissão as vzs é um abrigo!


Ela é só uma menina

Era só uma menina
E eu pagando pelos erros que eu nem sei se cometi
Era só uma menina
E eu deixando que ela faça o que bem quiser de mim
Se eu queria enlouquecer essa é a minha chance
É tudo que eu quisS
e eu queria enlouquecer
Esse é o romance ideal
Eu não pedi que ela ficasse
Ela sabe que na volta
Ainda vou estar aqui
Ela é só uma menina

A gente se acostuma, mas não devia.


A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor.
E porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora.
E porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas.
E porque não abre as cortinas logo se acostuma a acender cedo a luz.
E a medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.
A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora.
A tomar o café correndo porque está atrasado.
A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem.
A comer sanduíche porque não dá para almoçar.
A sair do trabalho porque já é noite.
A cochilar no ônibus porque está cansado.
A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.
A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir.
A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta.
A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.
A gente se acostuma a pagar por tudo oque deseja e o que necessita.
E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar.
E a pagar mais do que as coisas valem.
E a saber que cada vez pagará mais.
A gente se acostuma à poluição.
Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro.
À luz artificial de ligeiro tremor.
Ao choque que os olhos levam na luz natural.
Às bactérias de água potável.
A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer.
Em doses pequenas,tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui,
um ressentimento ali, uma revolta acolá.
Se a praia está contaminada a gente molha só os pés e sua no resto do corpo.
Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço.
Se o trabalho está duro a gente se consola pensando no fim de semana.
E se no fim de semana não há muito o que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.
A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele.
Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para poupar o peito.
A gente seacostuma para poupar a vida.
Que aos poucos se gasta, e que gasta de tantose acostumar, e se perde de si mesma.

Sumi.

Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro antes, durante e depois de te encontrar.
Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil delidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar. Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência, pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência.

O contrário do amor.

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.
O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência?
O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.
Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo e pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.

Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bung-jump, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos.
A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada. Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.

Martha Medeiros

Retrato - Cecília Meireles


"Eu não tinha este rosto de hoje, assim calmo, assim triste, assim magro, nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo.
Eu não tinha estas mãos sem força, tão paradas e frias e mortas; eu não tinha este coração que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança, tão simples, tão certa, tão fácil: Em que espelho ficou perdida a minha face?"

Novo sermão .

Se for assim, até eu caso!


Novo sermão para casamentos:

- Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?

- Promete saber ser amigo e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?

- Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?

- Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?

- Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?

- Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?

- Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?

- Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?

- Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?

Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os maduros."
'Minha vida não foi um romance,
Nunca tive até hoje um segredo.
Se me amar, não digas, que morro
De surpresa, de encanto, de medo.

Minha vida não foi um romance
Minha vida passou por passar
Se não amas, não finjas, que vivo
Esperando um amor para amar.

Minha vida não foi um romance
Pobre vida, passou sem enredo...
Glória a ti que me enches de vida
De surpresa, de encanto, de medo!

Minha vida não foi um romance...
Ai de mim. Já se ia acabar!
Pobre vida que toda depende
De um sorriso, de um gesto, um olhar...

Mário Quintana

O tempo.

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!

Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...

E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana

Análise.

Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu...
Ciumenta, exigente, insegura, carente
Toda cheia de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.
Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor.

Bilhete!

Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, amado,
que a vida é breve,
e o amor mais breve ainda...

Amor


Amor não se implora, não se pede, não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil.
Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.

Quem nunka...

Quem nunca ficou pensando na vida e vendo que se voltasse no passado poderia ser diferente.
Quem nunca escutou uma música e lembrou de uma pessoa, e aí bateu aquela saudade.
Quem nunca fez promessas dizendo que se fosse hoje jamais teria errado.
Quem nunca entrou embaixo do chuveiro e começou a chorar de raiva, por ser tão burra.
Quem nunca pegou aquela caixa de cartas e começou a ler uma por uma e notou que cada ano que passa vamos crescendo e que muitos daqueles bilhetinhos parecem ser escritos por crianças.
Quem nunca pegou essa mesma caixa e começou a chorar por saudade do passado que era bom.
Quem nunca começou a fazer aquela limpeza no quarto e parou tudo para olhar as fotos e lembrar de todos os momentos já vividos.
Quem nunca teve aqueles dias que não podia nem passar na frente do espelho que já se achava gorda, feia, com espinhas, branca, cabelo palhoso e muito mais.
Quem nunca levou um fora e pensou que ninguém te quer, e falou que resolveu virar freira.
Quem nunca fez mil promessas pra que ele chegue em você só pra ter aquele gostinho de dar aquele fora.
Quem nunca tomou aquele porre e acabou falando tudo aquilo q não devia.
Quem nunca começou um regime na segunda feira e na terça como estava chovendo fez brigadeiro de tarde e ficou assistindo sessão da tarde.
Quem nunca ligou e desligou na cara do cara que gosta uma vez que seja.
Quem nunca escutou aquela música que era de vocês 2 e começou a chorar pois viu que tudo que tinha pensado em ter esquecido ainda está dentro de você.
Quem nunca encontrou aquele alguém especial do passado e viu que ele mudou.
Quem nunca se apaixonou por um instante pelo melhor amigo.
Quem nunca deu de cara com o ex namorado e sentiu que os dois balançaram com aquela troca de olhar.
Quem nunca achou que uma amizade não era importante, e só depois que brigou que viu que era tarde de mais. Quem nunca ficou muito feliz, sem saber nem porque, e depois bateu aquela tristesa?
Afinal..
Quem nunca pensou ser a pessoa mais feliz do mundo, por um segundo que seja.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

(A poesia que mais gosto!) Ah! O amor.

Para meus amigos que estão...

SOLTEIROS: O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá.
Mas quando menos esperar, ela está ali parada.
O amor pode te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir.
Mas o amor será especial apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a
um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveite o tempo livre para escolher.

Para meus amigos...

NÃO SOLTEIROS: Amor não é se envolver com a “pessoa perfeita”, aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, qndo encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser”.

Para meus amigos que gostam de...

PAQUERAR: Nunca diga "te amo" se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti.
A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você, quando você não pretende fazer o mesmo...

Para meus amigos...

CASADOS: O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe".
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores.
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos,
mas sim o quanto nesses anos, vocês foram bons um para o outro.

Para meus amigos que têm um...

CORAÇÃO PARTIDO: Um coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir.
Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre.
Permita-se rir e conhecer outros corações, aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar a própria vida.
A dor de um coração partido é inevitável, mas o sofrimento é opcional.
E lembre-se: É melhor ver alguém que você ama feliz com outra pessoa, do que vê-la infeliz ao seu lado.

Para meus amigos que são...

INOCENTES: Ela (e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade.
Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro;
não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado (a),
mas pode descobrir que ela (e) é uma ótima pessoa.

Para meus amigos que têm...

MEDO DE TERMINAR: Às vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você.
Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, não é verdade?
Mas o amor também dói muito quando ele não sabe o que você sente.
Não engane tal pessoa, não seja grosso (a) e rude esperando que ela (e) adivinhe o que você quer. Não a (o) force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitar.
E a melhor forma de respeitá-la (o) é sendo verdadeiro (a) e sincero (a).
Lembre-se... O tempo passa e não volta atrás; não adianta dar murro em ponta de faca...


E para terminar...

"Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgatará...”

Mário Quintana